Trabalho Escravo em Obras do Shopping Riomar em Recife

João Carlos Paes Mendonça e Eduardo Campos trocam figurinhas
O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) flagrou, através de operação iniciada no dia 13/02, a ocorrência de trabalho análogo à escravidão nas obras do Shopping Riomar, em Recife. 
Para se ter noção do terrível quadro, um trecho da notícia publicada no sítio eletrônico do MTE:
Os empregados foram alojados em condições precárias, alguns sem salário por aproximadamente quarenta dias e com Carteira de Trabalho retida na sede da empresa, que fica no Paraná. Não dispunham de água potável para beber, de roupas de cama, além de dormirem sobre colchões sujos e até mofados diretamente sobre o chão. Nenhuma medida de higiene e limpeza foi observada no local, onde a empresa não fornecia sequer papel higiênico. Parte dos trabalhadores está nesta condição desde novembro/2011 e outra desde janeiro deste ano.

As obras assim foram totalmente embargadas.
O Shopping Riomar é um empreendimento do grupo JCPM, comandado por João Carlos Paes Mendonça, poderoso empresário da região, dono de empresas em vários setores, entre eles a comunicação, através do Sistema JC de Comunicação.
O Governador Eduardo Campos em visita às obras no último dia 07 parabenizou o trabalho e destacou a geração de empregos. Trágico, hein?
Espero sinceramente que o todos os envolvidos nesta situação sejam punidos. A começar pelos donos da obra, o grupo JCPM.
À propósito, a empresa que na versão oficial fez a contratação dos trabalhadores, chama-se Mastel Montagem de Estruturas Metálicas Ltda.
Para mais informações, acessem o sítio do MTE

 Assine o Feed do Propalando para nos acompanhar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *